Buscar

O que é preciso saber antes de escolher um plano de saúde.

Atualizado: 22 de jun. de 2020


Ter um bom plano de saúde não é pode ser uma solução pensada apenas para garantir o atendimento em caso de urgência. Claro que estar preparado para imprevistos é importante nos dias de hoje, mas a análise detalhada de todos os fatores e a escolha baseada em questões práticas devem ser as causas da tomada de decisão.

Um bom plano de saúde é aquele que traz segurança e tranquilidade para você e sua família muito antes da necessidade do uso e é sobre isso que vamos falar.

Comece por um corretor que atenda você e suas necessidades.

O corretor não pode ser apenas o profissional que conhece todos os detalhes que envolvem os planos e suas modalidades, as operadoras, a rede credenciada, os valores e os processos de contratação.

Precisa ajudar a encontrar a melhor solução para você, sua família ou empresa. E, o mais importante, precisa ser alguém com quem você possa contar em momentos delicados. A relação precisa ser baseada em profissionalismo, atualização constante e muita parceria. Afinal, no momento em que você mais precisar é com este profissional que você vai conversar e pedir orientações.

Qual o melhor plano?

A resposta mais adequada e verdadeira para esta pergunta é: depende do que você procura.

O mercado oferece uma imensa variedade de planos e coberturas. Assim, o que você precisa fazer primeiro é definir as suas prioridades e depois buscar a melhor solução junto ao seu corretor.

Vamos dar alguns exemplos para se basear na hora de escolher:

  • Qual o valor de mensalidade que você planeja pagar.

  • Você tem ou planeja ter filhos?

  • Existe algum hospital ou clínica que seja prioridade para você? Por exemplo, no aso de quem tem filhos, ter a cobertura de um hospital infantil pode ser uma prioridade.

  • Qual a rede credenciada?

  • O plano atende os médicos nos quais confio?

  • Qual o valor dos reembolsos?

  • Como funcionam as carências?

Estes tópicos são apenas uma base para que você possa fazer a sua própria lista e conversar com seu corretor. CONHEÇA AS MODALIDADES DE PLANOS DE SAÚDE.

Planos de saúde Individual/familiar

Muitas pessoas ainda tem este tipo de plano mas, após a mudança de lei em 2014, apenas algumas operadoras ainda trabalham com este formato.

Planos de saúde por adesão

São planos contratados por categorias de classe (professores, administradores, engenheiros, advogados...) administrados por empresas em parceria com operadoras ou seguradoras.

Planos de saúde empresariais São planos contratados por meio de CNPJ juntamente a operadoras (acima de 2 vidas) ou seguradoras (acima de 3 vidas).

DESCUBRA ALGUMAS DICAS IMPORTANTES!


Inclusão

A maioria dos planos de saúde aceita inclusões ou novas contratações para indivíduos até 65/68 anos. No entanto, este limite varia de uma seguradora/operadora para outra.

Recém-nascido

O recém-nascido pode usar o plano da mãe durante 30 dias. Após este período é necessário fazer um plano específico para o bebê.

Carência

• Ao contratar o plano, você terá carência zero para pronto socorro.

• 30 dias para consultas e exames simples.

• 180 das Demais atendimentos

• 300 dias para parto

• 720 dias para procedimentos de alta complexidade e pré-existentes

Redução de carências No caso de planos equivalentes, as carências podem ser reduzidas.

Reajustes

Existem dois tipos de reajuste padrão: anual e por faixa etária. Fique atento para as datas de vencimento e mudanças de faixas.

Estas são algumas informações que a nossa equipe separou para você. Fale com seu corretor ou o RH da empresa para saber mais detalhes. Lembre! A Saúde Online Consultoria está 100% conectada a tudo o que é importante para você.

9 visualizações0 comentário
WhatsApp Image 2020-04-07 at 12.05.24.jp